Praticamente metade da população brasileira não sabe controlar os seus gastos de forma eficiente e assumem ser desorganizados financeiramente. Se você faz parte desse grande grupo de pessoas que não possui uma boa educação financeira, de fato esse artigo é para você! 

Veja agora como é possível mudar a sua realidade e aprenda de uma vez por todas como manter suas finanças sob controle. 

 

O que é educação financeira?

Primeiramente, a educação financeira é um conceito que vai muito além de economizar dinheiro. 

Em poucas palavras, a educação financeira é uma habilidade de entender qual é o real funcionamento do dinheiro e como funciona o seu comportamento diante dele. 

De acordo com a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), este conceito é definido como um processo em que os sujeitos expandem a sua compreensão financeira como um todo através da informação, de modo que possam tomar decisões mais conscientes e responsáveis com o seu dinheiro.  

 

Qual é a importância de se educar financeiramente e controlar gastos?

A importância da educação financeira

Em primeiro lugar, quando você não possui o hábito de controlar seus gastos torna-se muito mais difícil a organização das suas finanças a fim de realizar investimentos maiores. 

De acordo com a pesquisa feita pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), revela que 46% dos brasileiros não controlam seu orçamento.

Ao mesmo tempo, a pesquisa ainda menciona que a falta de controle financeiro dos brasileiros não está relacionada a falta de conhecimento.

Posto que a maioria dos entrevistados possuem conhecimentos básicos sobre o controle das suas finanças, mas falham ao colocar em prática.

Por outro lado, a prática de um bom controle financeiro requer informação e orientação para que seja eficiente. 

Contudo uma das principais vantagens de se educar financeiramente diz respeito à organização planejada do seu capital. 

Isto é, saber mais a respeito dos seus gastos e ganhos, a fim de estar preparado para imprevistos assim como atingir objetivos que dependem de investimentos maiores. 

Quer saber como você pode começar a praticar uma boa gestão das suas finanças pessoais? Confira portanto as 8 dicas que preparamos para você. 

 

6 passos para praticar a educação financeira

educação financeira

1. Se mantenha informado e converse com quem entende do assunto

Primeiramente, quanto mais conhecimento e domínio se tem a respeito de um assunto, melhor é. Isso não é diferente quando diz respeito a suas finanças. 

Logo, receber orientação financeira adequada é um dos primeiros passos fundamentais para que os indivíduos se tornem mais conscientes das suas movimentações de capital. 

Como resultado, você pode tomar algumas atitudes simples que ajudarão cada vez mais você a ter um resultado positivo no final do mês, que são:

  • Não hesite em pedir orientação ou explicação sobre o assunto quando for preciso. 
  • Converse com pessoas próximas que podem agregar com informações que você talvez não saiba. 
  • Por fim, busque estudar cada vez mais e aprofundar seus estudos através de livros e artigos confiáveis. 
  • 2. Busque organizar suas contas mensais e saiba exatamente quais são seus gastos e ganhos

    Sobretudo como o próprio título já diz, a organização deve ser considerada como uma peça chave para alcançar melhorias na sua gestão financeira pessoal.

    Em síntese, ter conhecimento sobre o dinheiro que entra e sai é essencial para:

  • Não se endividar
  • Manter as contas em dia
  • Tomar decisões mais inteligentes
  • Saber quando é necessário investir ou poupar dinheiro.
  • Para isso, colete todos os dados possíveis dos seus ganhos e gastos do mês e organize por categorias como: salário, contas fixas, prestações, faturas dos cartões de crédito, entre outras que tiverem em suas movimentações mensais. 

    Como resultado ficará mais fácil controlar suas finanças e você terá uma base mais sólida de entendimento sobre a sua situação financeira. 

    3. Controle seus gastos e tente sair positivo no final do mês

    A fim de alcançar seus objetivos financeiros, busque controlar suas despesas e estabelecer limites para cada categoria de gastos mensais organizadas no passo anterior. 

    Posteriormente, em casos que as suas despesas mensais não sejam compatíveis com a sua receita, você tem como alternativa: aumentar seus ganhos, diminuir seus gastos, ou unir as duas opções anteriores. 

    Assim, ao adotar atitudes como essa as chances de você melhorar a sua condição financeira pessoal aumentará consideravelmente.

    4. Guarde uma quantia do seu dinheiro para reserva de emergências

    Em princípio, ao ter consciência de que a qualquer momento um imprevisto pode acontecer nas mais diversas áreas da vida, uma atitude inteligente que você deve ter é reservar uma quantia para situações inesperadas como essas. 

    Com efeito, por mais desagradáveis que sejam estes momentos, você pode torná-los menos pior ao organizar suas finanças de modo que seja possível guardar.  

    Portanto, caso você possua disciplina e deseje fazer a sua reserva de maneira correta, especialistas da área da educação financeira definem que a quantia indicada é o equivalente a 6 meses do seu salário, no mínimo. 

    5. Realize o seu planejamento financeiro pessoal

    A saber, por mais assustadora que seja essa palavra, na prática é algo bem simples de se fazer.  Em síntese o planejamento financeiro pessoal serve como um guia para controlar tudo o que falamos nos tópicos anteriores. 

    Afinal, ao realizar um planejamento eficiente, você poderá controlar todas as movimentações do seu dinheiro no mês e ainda assim, poderá adequar os seus gastos ao seu dia a dia de modo consciente.

    Por último, uma dica importante é separar uma quantia para que você possa usufruir de momentos de lazer e tentar seguir a risca o limite de gastos que você definiu. Ainda mais que esse costuma ser um dos pontos onde os indivíduos mais gastam de forma impulsiva.

    6.  Utilize uma planilha de orçamento pessoal para controlar todos os seus gastos

    Acima de tudo, uma dica excelente para que você possa praticar a sua educação financeira de forma séria e disciplinada, é utilizar uma boa planilha financeira. 

    Desse modo, você pode contar com uma excelente planilha que nós oferecemos aqui na Vizual Planilhas feita exatamente para esse intuito.

    E o melhor: com um dos preços mais acessíveis do mercado!   

    Através da Planilha de Orçamento Pessoal e Familiar Completa, você terá o controle total de suas finanças e nunca mais ficará sem saber para onde está indo seu dinheiro. 

     

    Planilha de orçamento pessoal e familiar Vizual Planilhas

    Confira todas as funcionalidades desta ferramenta completa para otimizar o seu planejamento financeiro, clicando aqui. 

    Esperamos que esse artigo tenha auxiliado você a colocar em prática melhorias na sua gestão financeira! Caso tenha ficado com alguma dúvida, deixe nos comentários que nós iremos responder. 

    Está gostando do conteúdo? Compartilhe

    Share on facebook
    Share on twitter
    Share on linkedin
    Share on whatsapp
    Share on email
    <b> Autora </b> Cibele Marques

    Autora Cibele Marques

    Olá, eu sou a Cibele! Além de manter o blog da Vizual Planilhas, sou profissional de Marketing de Conteúdo Digital. Apaixonada pela criação de conteúdo no universo web, acredito fielmente na sua potência em criar conexões, identificações e proporcionar o fortalecimento de negócios.

    Blog Vizual Planilhas

    Confira nossas ofertas!

    Aproveite os produtos que estão em promoção por tempo limitado:

    Posts recentes

    Contato

    Vizual Planilhas Empresariais

    Desenvolvimento de Planilhas em Excel de Alto Padrão. Conheça nossas planilhas empresariais prontas para uso de inúmeras áreas profissionais. 

    Redes Sociais

    Encontre-nos nas redes sociais: